Tenacidade

Crónicas 4 junho 2020  •  Tempo de Leitura: 2
s.f. Qualidade do que adere fortemente a uma superfície. 
O que leva alguém a arriscar a sua vida para subir o Evereste? Ou escalar a solo (sem corda) uma parede de 1000 metros? Será simplesmente pela razão que George Mallory terá dito ao New York Times em 1923 - «Porque está lá.»- ? Penso noutra razão. Tenacidade.
 

Entre os significados de tenacidade encontra-se esta qualidade do que adere fortemente a uma superfície, como a essencial para escalar a solo qualquer parede. Mas a aderência maior é a interior diante da escolha de se ter colocado numa situação de vida ou morte dependente dessa aderência.
 
fig. Grande persistência, perseverança e afinco. 
Por outro lado, a tenacidade é também uma grande persistência, perseverança e afinco, como quem escala o Evereste sabendo que ao chegar ao cume faz uma experiência de unidade com a montanha como nunca antes. Mas foi preciso a persistência para vencer a resistência de cada passo, perseverar diante da gradual dificuldade em respirar e o afinco de manter todo o olhar e vontade fixo no cume. Também a vida está em risco.


Parece haver uma ligação entre tenacidade e a atitude de fazer tudo como se a nossa vida dependesse disso. É uma qualidade que raramente entra no horizonte de tudo o que fazemos no quotidiano, mas, talvez, por não vivermos tudo como se a nossa vida dependesse disso.


Podemos criticar, procrastinar, viver distraídos, e passar toda uma vida sem sair realmente do sofá, e arriscar viver fora da nossa zona de conforto. Mas será que vivemos realmente quando a vida não está em risco?


Uma vida plena atinge-se com a totalidade daquilo que somos. 
O que ousa escalar procura-a com o corpo.
O que ousa escrever procura-a com a mente.
O que ousa servir procura-a com o espírito.


Tenacidade é a qualidade de viver uma vida plena com o corpo-mente-espírito que nos caracteriza. É o que permite fazer dos actos simples, arriscados, mas totalmente vindos de um dom-de-si, gestos da grandeza que o ser humano é chamado a ser.
 
«A coisa mais difícil é a decisão de agir, o resto é, meramente, tenacidade.» (Amelia Earhart, primeira mulher a sobrevoar sozinha o oceano Atlântico. Desapareceu em Julho de 1937)
Mas não será a tenacidade uma decisão em acto?

Professor na Universidade de Coimbra e Doutorado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico. Membro do Movimento dos Focolares e coordenador com a esposa das Famílias Novas, expressão dos Focolares para o mundo da família. Pai de 3 filhos, e curioso pelo cruzamento entre fé, ciência, tecnologia e sociedade. O último livro publicado em self-publishing intitula-se KeepUp - Organização do Tempo de Estudo à venda na Amazon. Em filosofia, co-editou Ética Relacional: um caminho de sabedoria da Editora da Universidade Católica.

Blogues: Saber Aprender e  Ciência e Fé. 

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail