LAR

Crónicas 26 março 2020  •  Tempo de Leitura: 2

A nossa casa é o nosso LAR - Lugar de Acolhimento e Repouso. E nunca foi tão verdade como agora. Daí que pense no modo como construímos o nosso LAR no tempo e no espaço. 

 

Lugar de… A casa é mais do que o espaço em que vivemos. É uma oportunidade de fazer uma experiência de pertença, onde as quatro ou mais paredes não nos limitam, mas protegem. Abrigam-nos da chuva quando nem todos têm essa possibilidade. Protegem-nos do frio, do calor, da ventania e fazem-nos sentir o conforto e a segurança que nos permite viver bem cada momento da nossa vida.

 

Acolhimento… É em casa que recebemos os nossos familiares e amigos em dias de festa. É o porto seguro depois de um dia árduo de trabalho. Mas, agora, quando nos pedem para ficar em casa em modo de distanciamento social, acaba por ser o lugar onde (re)aprendemos a acolher aqueles que vemos todos os dias. Sim. Talvez nem sempre tivemos paciência para responder com amor ao - “PAI…, MÃE…, MANA…, MIGUEL…” - de quem gritava em busca de uma ajuda, um conselho, ou um simples estar.

 

… e Repouso Apesar de sermos convidados a encontrar novos modos de continuar a trabalhar. Ninguém nos impede de repousar quando for necessário e quando não for. Uma vez li a história de um monge que antes de uma comunicação importante dormiu durante vários dias. Para desespero de quem contava com a preparação da sua comunicação, por cada dia que passava, era menos um dia até ao evento. Quando acordou um dia antes da comunicação, chamou um outro monge e começou a ditar um discurso que se tornou memorável. Quando repousamos limpamos o nosso cérebro da informação irrelevante, consolidamos a relevante, e rejuvenescemos os nossos neurónios. Por isso, repousar é uma das atitudes mais produtivas de quem vive o momento presente.

 

Este é o tempo de redescobrir o valor do LAR. Esse lugar tão familiar e banalizado, mas que encontra nestes tempos desafiantes um novo sentido e significado. Aproveitemos para (re)aprender a viver o nosso LAR e os momentos em casa como oportunidades de desenvolver a nossa interioridade, para que seja, também, um lugar de acolhimento dos nossos pensamentos e repouso diante dos turbilhões das circunstâncias.

 

Professor na Universidade de Coimbra e Doutorado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico. Membro do Movimento dos Focolares e coordenador com a esposa das Famílias Novas, expressão dos Focolares para o mundo da família. Pai de 3 filhos, e curioso pelo cruzamento entre fé, ciência, tecnologia e sociedade. O último livro publicado em self-publishing intitula-se KeepUp - Organização do Tempo de Estudo à venda na Amazon. Em filosofia, co-editou Ética Relacional: um caminho de sabedoria da Editora da Universidade Católica.

Blogues: Saber Aprender e  Ciência e Fé. 

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail