E se o silêncio falasse tudo?

Crónicas 13 janeiro 2023  •  Tempo de Leitura: 2

E se o silêncio falasse tudo? Sentimos, muitas vezes, a necessidade de encontrar as palavras. De conseguir responder de imediato ao que nos é pedido ou questionado. Agimos como se a nossa comunicação se resumisse unicamente ao verbal.

 

E se o silêncio falasse tudo? Aceitar que não sabemos tudo ou que não sabemos expressar algo num certo momento, não significa que não comunicamos e, muito menos, significará que não nos importamos com aquele que está à nossa frente. O silêncio dá a possibilidade de deixar que o outro habite em nós. Dá tempo e espaço para que na falta de palavras seja prevalecida a presença.

 

E se o silêncio falasse tudo? Se, em muitos momentos da nossa vida, tivéssemos optado pelo silêncio, talvez as nossas relações fossem caracterizadas por autenticidade. Se perante a dor tivéssemos dado o nosso silêncio, talvez o outro tivesse sentido que a sua dor tinha sido abraçada. Se perante a perda tivéssemos dado o nosso silêncio, talvez o outro tivesse sentido que era acolhido. Se perante a morte tivéssemos dado o nosso silêncio, talvez o outro tivesse saboreado a beleza da eternidade. Se perante a angústia tivéssemos dado o nosso silêncio, talvez o outro soubesse o quão é amado.

 

Acredito que o silêncio, mais do que constrangedor, pode ser caminho de descoberta, de presença e de amor. O silêncio pode unir e construir a partir do nada. No silêncio surge o mistério de nos sabermos profundamente necessitados do outro.

 

O silêncio fala tudo, nós é que temos medo. De viver sem ter que disfarçar. De viver sem ter que confrontar com o indizível.

 

O silêncio fala tudo: o que somos, o que sentimos e o que queremos.

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail