De que me vale...?

Crónicas 2 dezembro 2022  •  Tempo de Leitura: 1

"Cristo não é o que d'Ele digo, mas o que d'Ele vivo, o que d'Ele arde em mim."

[Ermes Ronchi]

 

De que me vale saber todas as Escrituras, se não souber como salvar os que me são próximos?

 

De que me vale saber toda a doutrina católica, se não souber acolher os que querem fazer parte da Igreja?

 

De que me vale saber todos os rituais, se não sou capaz de erguer os que se cruzam comigo?

 

De que me vale ser assíduo na Eucaristia, se crucifico tantos e tantas com a minha língua?

 

De que me vale a penitência, se não sou capaz de fazer pontes?

 

De que me vale viver intensamente o Advento, se eu não sou capaz de andar com o coração nas mãos?

 

De que me vale viver a alegria do Natal, se não O testemunho com gestos de bondade?

 

De que me vale ser Cristão, se falo d'Ele de forma amorfa e sem brilho?

 

De que me vale falar do Reino dos Céus, se não incluir todos no Seu sonho?

 

De que me vale confessar, se não sou capaz de perdoar?

 

De que me vale dizer-me crente, se não me arrepio com os que sofrem?

 

De que me vale ser de Jesus, se não for para ser esperança para os outros?

 

Neste Natal deixemos que Ele nos incendeie em tudo o que somos e fazemos!

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail