Um dia Ele virá e sentar-se-á

Crónicas 6 novembro 2020  •  Tempo de Leitura: 2

Um dia Ele virá e sentar-se-á. Aqui. Mesmo ao nosso lado para que a Sua presença não seja mais um enigma. Ficará como um verdadeiro amigo e companheiro de viagem.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á. Sem dizer nada. Deixando que o momento fale por si mesmo. Ele saberá conduzir o silêncio intercalando com abraços de resposta rápida e eficaz.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á. Escutando uma vez mais toda a nossa história como se fosse a primeira vez. Não fazendo qualquer exigência e deixando que seja um verdadeiro encontro de pai e filho(a), onde o olhar e o coração se tornarão numa bela oração.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á. De novo à mesa. Servindo-nos com a alegria do vinho e com a partilha do pão. Estaremos reunidos como quem põe a conversa em dia e assim rezaremos toda a nossa vida. Ficaremos ali. A rir com quem se riu connosco, com quem se riu de nós. A chorar com quem nunca nos deixou. A falar de verdade tudo o que fomos, somos e sentimos.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á. Como quem sempre espera. Numa total entrega, onde as incertezas darão agora lugar à certeza do Seu amor. Fiel. Único. Incondicional.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á. Falando-nos de como sempre nos compreendeu. De como sempre ouviu as nossas maiores inquietações. E de que mesmo em momentos de maior confusão não deixou de quebrar a Sua ligação.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á connosco a apreciar o filme da nossa vivência. Comovendo-Se. Humedecendo-Se com a nossa busca por Si. "Compaixonando-se" com as encruzilhadas do nosso caminhar.

 

Um dia Ele virá e sentar-se-á… quando lhe deixarmos um lugar no auditório da nossa vida!

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail