Aqui é que é difícil!

Crónicas 30 outubro 2020  •  Tempo de Leitura: 2

Aqui é que é difícil. Sim, aqui é que é difícil viver a fé. Então tem algum jeito viver a fé com total liberdade? Onde é que já se viu isto?

 

Aqui é que é difícil. Torna-se muito complicado quando o padre e a Igreja não fazem tudo como eu quero, ou até quando não há salas xpto's e internet na catequese. Claro que assim fica difícil. E ir à missa? Ui, isso é que não pode ser. É sempre num horário em que eu tenho alguma coisa para fazer e quando não tenho tudo serve de desculpa para não ir, nem que seja ter de dispensar tempo para o cão me levar à rua.

 

Aqui é que é difícil. Fica muito complicado, porque não existe um padre só para mim. Um padre que esteja disposto a atender-me quando eu quero. Um padre que tenha um horário imaculado que me faça o batizado, o casamento e o funeral quando eu assim bem entendo. E ainda por cima nem sou eu que decido quando é que o meu filho faz as comunhões para ele poder despachar tudo de uma vez e assim não ter de voltar àquelas sessões que me obrigam a ter de o levar ao salão paroquial.

 

Aqui é que é difícil. Então agora até existem momentos de oração e de partilha? O quê? Perder ainda mais tempo com a minha fé? Ela estava tão bem aqui. Comigo. Sossegadinha. Sem me interpelar e questionar o modo como levo a minha vida. Isto da fé não é para se viver, nem para me manter vivo. A fé só me serve para mais umas fotos e um status social que me faz parecer o maior da minha aldeia.

 

Aqui é que é difícil. Lá fora? Lá fora o máximo que acontece é arriscarem as suas vidas para viverem a fé...

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail