Passear com Deus

Crónicas 31 julho 2020  •  Tempo de Leitura: 2

Passear com Deus. Talvez seja isto que nos falte. Torná-Lo mais próximo e deste jeito perceber que Ele efetivamente está. Deixar que Ele nos mostre e nos fale de como tudo é Seu e vem de Si.

 

Permitir até que Ele se torne no nosso guia turístico. Mostrando por onde tem deixado as suas pisadas e deixando o registo das suas coordenadas. Mostrar-nos quais os cantos favoritos dentro do mapa da nossa vida. Passear com Deus ajuda-nos a entender as partidas como as nossas eternas chegadas.

 

Tornar a nossa fé num passeio com Deus é descobrirmos que Ele nos leva de mão dada para que nos possamos encontrar, para que possamos encontrar tantos e tantas. Quando deixamos que Deus nos leve damos de caras com o Seu Reino como se tivesse sido costurado em todo o nosso caminhar.

 

Aceitar Deus como nosso companheiro de viagem é reconhecer que Ele não nos visita apenas em dias de grande regozijo, mas que nos fala da Sua certeza em dias em que o silêncio nos confirma toda a Sua ação. Deus é este nosso fiel companheiro de viagem capaz de se humedecer com a nossa história. Deus é este nosso amável companheiro de viagem que não quer que cheguemos sozinhos a lado nenhum.

 

Passear com Deus não é esperar que O vejamos na Sua plenitude. Passear com Deus é deixar que Ele entre em toda a nossa existência dando-nos a sabedoria de encontrar beleza em tudo o que somos, fazemos e vemos. 

 

Passear com Deus será, sem dúvida alguma, uma outra forma de rezarmos e de deixarmos que Ele reze em nós. Há por aí tantos lugares e pessoas que estão à espera que lhes visitemos com o coração e que lhes entreguemos, em cada olhar nosso, a visita d’Aquele em que o Seu maior poder está em amar incondicionalmente tudo…e todos!

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail