Natal: Jesus sem títulos

Razões para Acreditar 24 dezembro 2018  •  Tempo de Leitura: 2 min

Este ano, ao aproximar-se o Natal, dei comigo a pensar que o facto de parte da Humanidade, na qual me incluo, celebrar neste dia o nascimento do Filho de Deus torna irrelevante e suprime para o resto da maior parte do mundo, a figura de Jesus, o seu papel irrefutável na História e as causas pelas quais deu a vida até à morte, executado pelo poder político e apoiado por falsos testemunhos de religiosos.

 

Fora do âmbito da fé, raramente se faz referência ao que Jesus disse e fez com a mesma liberdade com que, de forma generalizada, são referidos Nelson Mandela, Martin L. King, Mahatma Gandhi, Eleanor Roosevelt, Katherine W. Sheppard ou Rosa L. McCauley, entre tantos, tantos outros.

 

Sou crente cristã e não me entendo de outra forma. No entanto, hoje, véspera de Natal, propus-me o exercício de dissociar o nome de Jesus do título de Salvador. Jesus despido de todos os títulos atribuídos pela fé é referência indiscutível para as grandes questões dos nossos dias.

 

Nesta época não se aprende da História e regressam de novo perigosos populismos. Jesus  mergulhou dentro das multidões dos simples e, ao contrário da generalidade dos atuais políticos,  ouviu os seus anseios e sofrimentos. Percebeu que estavam sobrecarregadas, como ovelhas sem pastor e, por elas, confrontou inequivocamente os poderes estabelecidos, lutando por restabelecer a verdadeira justiça.

 

Esta época é marcada pela globalização da indiferença do que acontece à nossa volta e do desgraçado destino de tantos. Jesus não teve limites na compaixão. Enquanto nos interrogamos se devemos levantar muros e reforçar fronteiras ou criar pontes e acolher, Jesus recuperou o samaritano – inimigo do judeu – em detrimento do puro sacerdote na alegoria que contou do Bom Samaritano, questionando quem o ouvia sobre a hipocrisia da nossa moral, invertendo a simples pergunta de quem é o nosso próximo para de quem é que fui próximo.

 

Continuar a ler...

tags: Natal, PontoSJ

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail