1 - 9 de 86 artigos

a sua tag: "Ano C"

Tempo de Leitura: 16 min

Liturgia

DOMINGO XXXIV DO TEMPO COMUM: «A VERDADEIRA SOBERANIA DO AMOR»

24 09:25:35 novembro 2019  •  Leitura: 16 min

1. A «Festa de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei» foi instituída pelo Papa Pio XI, em 11 de Dezembro de 1925, com a Carta Encíclica Quas Primas. Os tempos apresentavam-se sombrios e turvos e os céus nublados como os de hoje, e Pio XI, homem de ação, que já tinha fundado a Ação Católica em 1922, institu

Liturgia 24 09:25:35 novembro 2019

D. António Couto

Liturgista

Tempo de Leitura: 3 min

Liturgia

Ladrão do Paraíso

24 07:00:00 novembro 2019  •  Leitura: 3 min

No Calvário estão três cruzes. E três crucificados. À volta, povo anónimo a assistir, soldados que executaram as sentenças, chefes dos judeus que insultam Jesus e esperam a sua morte, e certamente alguns amigos e familiares, talvez discípulos do crucificado mais importante. Converge para esta cena a

Liturgia 24 07:00:00 novembro 2019

Tempo de Leitura: 4 min

Crónicas

Solenidade de Cristo Rei do Universo: «Hoje estarás comigo no Paraíso»

23 10:19:42 novembro 2019  •  Leitura: 4 min

Hoje, terminamos o ano litúrgico com ânsia no coração! Do Alto da Cruz vem o gesto mais belo e poderoso que um Rei dá ao Seu Amado Povo. Ao mesmo Povo que o insulta, que faz Dele um Ser desprezível e digno de troça: «Se és o Rei dos judeus, salva-Te a Ti mesmo». Esta ansiedade de querermos ver o Pa

Crónicas 23 10:19:42 novembro 2019

Liliana Dinis

Cronista Litúrgica

Tempo de Leitura: 3 min

Liturgia

Reino

23 08:19:40 novembro 2019  •  Leitura: 3 min

A Igreja encerra o ano litúrgico com a Festa de Cristo Rei. A já longa história da Igreja é rica em episódios ilustrativos de momentos gloriosos e outros tantos lamentáveis, de épocas de fervor e unidade, contrastando com outras tantas de conflituosa divisão e discórdia, de fases de expansão mission

Liturgia 23 08:19:40 novembro 2019

Tempo de Leitura: 4 min

Liturgia

O que permanece

17 09:33:22 novembro 2019  •  Leitura: 4 min

Entre todas as obras, o Templo era a “menina dos olhos” do Povo de Israel. Estava no centro da fé judaica e era sinal da presença de Deus. Ainda hoje impressiona uma oração de sábado junto ao muro que dele resta, após a destruição do ano 70, com os milhares de judeus que ali se juntam. Mas sente-se

Liturgia 17 09:33:22 novembro 2019

Tempo de Leitura: 8 min

Liturgia

DOMINGO XXXIII DO TEMPO COMUM: «É O AMOR O QUE FICA DO QUE PASSA»

17 09:28:44 novembro 2019  •  Leitura: 8 min

1. Eis-nos aqui, neste caminho e neste hoje. Passamos, vemos e somos vistos. Entramos no Templo ou na Igreja da nossa terra, cheia de belas pedras, painéis, lustres, imagens, talhas douradas, toalhas de linho, música e flores. Também de gente bem vestida e perfumada.

Liturgia 17 09:28:44 novembro 2019

D. António Couto

Liturgista

Tempo de Leitura: 2 min

Liturgia

Duas notas

16 10:08:08 novembro 2019  •  Leitura: 2 min

As palavras fizeram soar o alarme: serei capaz de percorrer o deserto? Estarei disposto a enfrentar a solidão das grandes cidades, o cenário onde se esconde salteadores e maldizentes? Poderei percorrer a paisagem sem fim, alimentado pela esperança de ser guiado apenas pela bussola da fé?

Liturgia 16 10:08:08 novembro 2019

Tempo de Leitura: 4 min

Crónicas

XXXIII TC «…o templo estava ornado com belas pedras...» - Ano C

16 10:05:30 novembro 2019  •  Leitura: 4 min

Hoje, a liturgia do 33º domingo do Tempo Comum, do Ano C, assusta os fúteis: «Há-de erguer-se povo contra povo e reino contra reino.» e enaltece os que já encontraram e aceitaram a sua Missão: «Eu vos darei língua e sabedoria a que nenhum dos vossos adversários poderá resistir ou contradizer.»

Crónicas 16 10:05:30 novembro 2019

Liliana Dinis

Cronista Litúrgica

Tempo de Leitura: 3 min

Liturgia

Todos vivos

10 07:05:00 novembro 2019  •  Leitura: 3 min

Somos confrontados numerosas vezes com a fragilidade da vida. Seja no processo de crescimento, que supõe passagens e transformações comparadas a pequenas mortes, seja no horizonte último da existência, viver é surpresa e confronto. A sede de eternidade habita o coração humano e, por isso, a morte qu

Liturgia 10 07:05:00 novembro 2019

    Subscrever Newsletter

    Receba os artigos no seu e-mail