1 - 9 de 111 artigos

Marta Arrais

Cronista

Nasceu em 1986. Possui mestrado em ensino de Inglês e Espanhol (FCSH-UNL). É professora. Faz diversas atividades de cariz voluntário com as Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus e com os Irmãos de S. João de Deus (em Portugal, Espanha e, mais recentemente, em Moçambique)

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

A vida continua?

17 09:21:43 julho 2019  •  Leitura: 2 min

A vida oferece-nos momentos de travagem a fundo, de vez em quando. Mergulhados nos afazeres de todos os dias, somos dotados de uma fé em que o único deus somos nós. Podemos tudo, sabemos tudo, controlamos tudo. Enquanto navegamos nestas certezas ridículas, nem nos apercebemos dos sinais de alerta qu

Crónicas 17 09:21:43 julho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 1 min

Crónicas

Quem me traz uma vida nova?!

10 08:40:09 julho 2019  •  Leitura: 1 min

Tragam-me a honestidade de quem não tem medo de dizer o que pensa. Tragam-me a transparência de quem diz sempre o que pensa da mesma maneira, à frente de quem for.

Crónicas 10 08:40:09 julho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 1 min

Crónicas

Falta-nos ser leves!

03 09:18:50 julho 2019  •  Leitura: 1 min

Parece-me que a leveza está, como tantas outras coisas, em vias de extinção. Falta-nos a capacidade de deixar cair o que nos pesa. O que nos deixa de sobrolho franzido e o que nos faz engelhar a testa. Temos a tendência para ir procurar a pior versão de cada um, de cada acontecimento, de cada dia.

Crónicas 03 09:18:50 julho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

E tu, és assim tão diferente dos que criticas?

26 08:38:22 junho 2019  •  Leitura: 2 min

Não sei se somos assim tão diferentes daqueles que criticamos. Somos muito bons a dizer o que faríamos se estivéssemos no lugar deste ou daquele. Somos perfeitos no exercício de supor esta ou aquela situação. Somos capazes de nos convencer, até, das coragens que a nossa alma protagonizaria.

Crónicas 26 08:38:22 junho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Falta-nos guardar (só) o que faz falta!

19 07:53:02 junho 2019  •  Leitura: 2 min

No meio do turbilhão dos dias, são imensos os episódios que protagonizamos. Como heróis de histórias que acontecem em simultâneo, vivemos tudo ao mesmo tempo. Somos chamados a desempenhar inúmeros papéis e, muitas vezes, pedem-nos que nos afastemos daquilo que somos mais verdadeiramente.

Crónicas 19 07:53:02 junho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Não acredites em tudo o que (te) dizem!

12 08:13:45 junho 2019  •  Leitura: 2 min

Tenho pensado sobre a influência que os boatos e os rumores têm (e podem ter) na nossa vida. De repente, alguém se aproxima para nos contar um segredo, uma história que devemos guardar ou um episódio sobre uma vida que não é a nossa. Quem não se reconhecer nestas primeiras três linhas, pode ir já pa

Crónicas 12 08:13:45 junho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Quando puderes, cala-te!

05 09:42:43 junho 2019  •  Leitura: 2 min

O barulho está na moda. Estão na moda os arraiais, as festas e todos os convívios que impliquem ruído em excesso. Refugiamo-nos em ambientes onde o volume pode ser ampliado para o máximo. De preferência, ampliado a ponto de não conseguirmos ouvir os que estão connosco. O barulho faz-nos esquecer do

Crónicas 05 09:42:43 junho 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 1 min

Crónicas

Quantos anos-luz te separam daquilo que queres ser?

29 08:26:05 maio 2019  •  Leitura: 1 min

O universo faz malabarismo com o nosso coração entre espadas e paredes. Entretém-se a brincar com as nossas vontades, com os nossos planos, com os castelos que julgamos ser capazes de construir sem a ajuda de ninguém.

Crónicas 29 08:26:05 maio 2019

Marta Arrais

Cronista

Tempo de Leitura: 3 min

Crónicas

Sai da frente, quero passar!

22 08:36:01 maio 2019  •  Leitura: 3 min

Não devem ser poucas as vezes que esta frase nos rebenta dentro da cabeça. Sai daí. Desvia-te. Quero passar. Agora sou eu. Agora não te quero ouvir. Agora falo eu. Sai. Não digas nada. Deixa-me estar e não te mexas sequer. Ainda estás aí parado? Sai. Não fiques a olhar para mim. Já te pedi que saias

Crónicas 22 08:36:01 maio 2019

Marta Arrais

Cronista

    Subscrever Newsletter

    Receba os artigos no seu e-mail