1 - 9 de 118 artigos

Emanuel António Dias

Nasceu em 1994. É estudante do Mestrado Integrado em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto. É acólito e catequista. Adora pensar e pôr os outros a pensar. “Porque nem tudo faz sentido...” é o nome do seu blog e da sua primeira obra literária lançada em 2014. Desbrava um caminho de encontro consigo mesmo, com o outro e com Deus. “Minh'alma anseia por mais de Ti. Meu coração só deseja a Ti. Lembro do dia em que Te conheci. A minha vida mudou. A minha vida mudou.”.

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Ainda há quem marche!

12 08:22:38 julho 2019  •  Leitura: 2 min

Ainda há quem marche na vida. Há quem se dê ao luxo de sair das suas casas e mostrar que a vida se faz por entre comunhões marcadas ao ritmo de um bairrismo saudável e cheio de vaidade. Existe ainda, entre tantas ruas, quem saia de si mesmo e se disponibilize voluntariamente para que se dê bom nome

Crónicas 12 08:22:38 julho 2019

Tempo de Leitura: 3 min

Crónicas

E Tu, Jesus, o que farias?

05 10:54:33 julho 2019  •  Leitura: 3 min

Entristece-me quando nós, que formamos a Igreja, somos tremendamente extremistas colocando doutrinas em cima e acima de pessoas. Fico desiludido quando a instituição Igreja Católica Apostólica Romana faz uma separação entre puros e impuros, dignos e indignos. 

Crónicas 05 10:54:33 julho 2019

Tempo de Leitura: 3 min

Crónicas

Andar de esperanças

28 08:41:55 junho 2019  •  Leitura: 3 min

Esta semana, ao deslocar-me ao Hospital de São João, deparei-me com vários casais. Muitos deles jovens. Sabe bem andar pelo hospital quando se vê que as pessoas andam com a esperança carregada nos olhos, no caso dos futuros pais, e ver as mulheres a carregá-la no seu ventre como sinal de nova vida e

Crónicas 28 08:41:55 junho 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Tu nunca dizes nada!

21 07:00:00 junho 2019  •  Leitura: 2 min

Tu nunca me dizes nada. Falas em hinos de glória e em palavras bem-ditas, mas que não me satisfazem em tantos momentos e circunstâncias. Dás-me desafios plenos e pedes-me uma entrega total a um Reino que se vai costurando num Verbo de Vida, mas que tantas vezes parece não estar cimentado e aprofunda

Crónicas 21 07:00:00 junho 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Não te apagues!

14 07:00:00 junho 2019  •  Leitura: 2 min

Não te apagues, por não saberes como te sentes, nem o que desejas alcançar a partir de agora. O teu caminho não termina quando os outros o dão por terminado, mas sim quando tu te deixas completar em tantos e tantas. A tua existência não perde o brilho pelo simples facto dos outros brilharem mais do

Crónicas 14 07:00:00 junho 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Somos salvos pelo diálogo!

07 08:04:27 junho 2019  •  Leitura: 2 min

Somos salvos pelo diálogo. Somos salvos pelas palavras que se deixam incarnar nas nossas vidas e que nos relembram que nos realizamos nesta comunhão comunicativa que nos alegra e nos aviva. É através deste encontro verbal que nos colocamos face a face com o outro e, por instantes, nos deixamos inter

Crónicas 07 08:04:27 junho 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Ele sempre está!

31 08:21:59 maio 2019  •  Leitura: 2 min

Não deixa de ser interessante que a presença deste Deus, revelado em Jesus Cristo, e sustentado pelo Seu Sopro Divino continue a surgir onde menos se espera e naqueles com quem ninguém conta. Esta tem sido a grande confirmação que tenho feito ao desbravar este caminho de procura d'Aquele que me pree

Crónicas 31 08:21:59 maio 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Ainda há quem nos aceite!

24 08:10:59 maio 2019  •  Leitura: 2 min

Ainda há quem nos aceite. Há quem, incessantemente, se vá dando ao trabalho de continuar a dar bom nome à nossa existência deixando que tudo seja mudado e renovado. Por entre as encruzilhadas da nossa vida existe quem marque uma cruz maior, para que não nos fechemos em becos sem saída, mas que tenha

Crónicas 24 08:10:59 maio 2019

Tempo de Leitura: 2 min

Crónicas

Não nos podemos deixar terminar!

17 08:04:49 maio 2019  •  Leitura: 2 min

Não nos podemos deixar terminar quando o fim ainda não teve a última palavra. Não nos podemos deixar terminar quando ainda temos, na mochila da nossa vida, tanto para entregar e apresentar na mesa do altar.

Crónicas 17 08:04:49 maio 2019

    Subscrever Newsletter

    Receba os artigos no seu e-mail