Santo do dia: São Cirilo e São Metódio, co-patronos da Europa

Santoral 14 fevereiro 2019  •  Tempo de Leitura: 1 min

A Igreja universal recorda neste dia 14 de fevereiro os irmãos São Cirilo e São Metódio, copatronos da Europa, conhecidos como apóstolos dos escravos, antes de entrar na vida religiosa, São Cirilo se chamava Constantino e São Metódio tinha o nome de Miguel.

 

São Cirilo era monge e evangelizou a Rússia. Além disso, fundou a literatura eslava, escrevendo textos litúrgicos como o missal, o apostolário e outros livros litúrgicos em caracteres “cirílicos”.

 
No ano 863, dirigiu-se com seu irmão Metódio para evangelizar a Moravia. São Cirilo morreu em Roma em 14 de fevereiro de 896. É possível que tenha sido Bispo ou que tenha morrido logo depois de sua ordenação episcopal.

 
São Metódio chegou a ser ordenado bispo e desenvolveu um incansável trabalho evangelizador em Moravia, Bohemia, Panonia e Polónia. Em seguida, foi Arcebispo de Vellehrad (Eslováquia), onde foi preso em 870, devido à oposição do clero alemão.
 

Alguns o acusaram de herege, mas foi liberado de todas as acusações. Também traduziu a Bíblia à língua eslava. Faleceu em 6 de abril de 885, em Vellehrad.

 
Em 2004, São João Paulo II disse que “é impossível pensar na civilização europeia sem sua herança cristã”.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail