WEB: Juntos por uma Internet melhor

Pastoral da Comunicação 08 fevereiro 2019  •  Tempo de Leitura: 4 min

Sob o lema “Juntos por uma Internet melhor” celebrámos, no passado dia 5 de fevereiro, o Dia Europeu da Internet Mais Segura.

 

Desde muito cedo que as crianças e jovens estão rodeados por tecnologias digitais, oferecendo-lhes um enorme conjunto de possibilidades, tudo ao alcance de um click. Este ano o Safer Internet Dayenvolve mais de 140 países de todo o mundo. O slogan pretende “ser o mote para propor uma utilização melhor e ainda mais segura da Internet, sabendo que cada um de nós tem na sua mão a capacidade de mudar o modo como contribuímos para uma experiência positiva online”.

 

Porque cada vez mais temos de estar alerta para esta realidade que nos acompanha diariamente, esta semana sugiro, mais uma vez, uma visita ao espaço virtual da responsabilidade do consórcio coordenado pela FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia. O projeto Internet Segura tem como principais objetivos: combater os conteúdos ilegais; minimizar os efeitos de conteúdos ilegais e lesivos nos cidadãos; promover a utilização segura da Internet e consciencializar a sociedade para os riscos associados à utilização da Internet.

 

Quanto entramos no sítio www.internetsegura.pt, além das habituais notícias sobre estudos e programas em curso na área das novas tecnologias no âmbito do projeto internet segura, e os eventos mais próximos, o grande destaque é dado ao espaço “Linha Internet Segura”. Uma visibilidade que faz sentido pois este novo serviço tem como objetivos: “Prestar apoio telefónico ou online, de forma anónima e confidencial, a crianças, jovens, pais e professores, sobre questões relacionadas com o uso da tecnologia; Informar ativamente os utilizadores (crianças, jovens, pais e professores) sobre a atividade da linha de apoio e de como entrar em contacto; Dispor de um sistema para remeter ocorrências graves às autoridades competentes quando uma criança parecer estar em perigo; Analisar, discutir e fornecer resultados que contribuam para as estratégias de sensibilização na área da Internet Segura”..

 

Para conhecer melhor todo este extraordinário projeto, basta que clique em “sobre internet segura”. Aqui pode perceber qual a sua missão e visão, qual a estratégia associada, quais os projetos em desenvolvimento e ainda quem são os parceiros.

 

Na opção “riscos e prevenção”, são explicadas, de uma forma bastante elucidativa, algumas ferramentas digitais usadas pela maioria das pessoas (redes sociais, blogues, smartphones, chats, jogos, vírus, etc.). Uma área vital porque é necessário conhece-las e saber como as devemos usar para que a nossa segurança não esteja posta em causa.

 

Na secção “recursos online”, temos acesso a vários conteúdos que têm como mote a disponibilização de “um conjunto de recursos que podem ser mobilizados para a aprendizagem pessoal, mas também sensibilizar outros”, como forma de criar “mais familiaridade com as temáticas da segurança na utilização da Internet e das tecnologias da informação e da comunicação”.

 

Usem e abusem na leitura e estudo deste projeto, pois as atividades que são propostas a adultos, adolescentes e jovens, com o recurso da internet, são múltiplas. No entanto, como a sua utilização pode envolver alguns riscos, a prevenção e a sensibilização para uma navegação mais segura e consciente, é a melhor forma de se evitarem eventuais problemas.

Fernando José Cassola Marques

Pastoral Comunicação

Sugestões Mudltimédia no Semanário Ecclesia.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail