WEB: Banco Alimentar online – Alimente esta ideia!

Pastoral da Comunicação 07 dezembro 2018  •  Tempo de Leitura: 3 min

No passado fim-de-semana, em quase todos os supermercados deste país, os portugueses foram convidados a aderirem massivamente à campanha de recolha de alimentos promovida pelo Banco Alimentar. Assim a sugestão desta semana passa por uma visita ao espaço virtual desta organização.

 

Esta Instituição Particular de Solidariedade Social pretende ser uma resposta necessária, mas apenas provisória, às necessidades alimentares de mais do que 400.000 pessoas. Recolhendo e distribuindo “várias dezenas de milhares de toneladas de produtos e apoiando ao longo de todo o ano, a acção de mais de 1.800 instituições em Portugal”.

 

Ao entrarmos na página principal, encontramos em destaque todas as campanhas que estão em vigor e percebemos, antes de mais, que estamos perante um espaço virtual que apela ao nosso espírito de partilha e de responsabilidade moral, para com todas aquelas pessoas que pouco ou nada têm para se alimentarem.

 

Na opção “quem somos”, descobrimos a missão, a visão, os valores, a história e outros dados relevantes sobre esta instituição fundada a 23 de fevereiro de 1999.

 

Caso pretenda saber tudo o que é feito por esta IPSS basta clicar em “FPBA”. Aí descobre todas as acções que são desenvolvidas ao longo de todo o canal de distribuição alimentar, desde a recolha de alimentos até à consequente distribuição. Com números bastante reveladores da preciosa ação que é feita no terreno.

 

São já 21 as cidades que contam com Bancos Alimentares, espalhados pelo Continente e Ilhas, criando assim uma rede de combate ao desperdício e de ajuda aos mais necessitados, tão estruturada quanto possível. Assim em “Bancos” encontrará a localização exata de todas estas estruturas locais.

 

Em ser “voluntário”, existe um formulário para ser preenchido diretamente online, onde o/a candidato/a pode indicar a sua disponibilidade e o local onde irá exercer esta nobre missão de ajudar quem mais precisa. Poderá ainda candidatar a sua instituição devendo também inserir os dados necessários para iniciar essa colaboração.

 

Por último em “faça um donativo” existe a possibilidade de uma colaboração financeira, seja através de donativos com benefícios fiscais, ou doando parte do IRS a favor desta instituição.

 

Apesar da campanha massiva ter decorrido nos dias 1 e 2 de dezembro, relembro que ainda é possível colaborar até dia 9 de dezembro, através do canal alimentestaideia.pt ou com vales (Ajuda Vale) que estão disponíveis nos estabelecimentos comerciais espalhados pelo país.

 

Aqui fica lançado o repto para se juntar a este projeto porque “é preciso mais para que falte menos”.

Fernando José Cassola Marques

Pastoral Comunicação

Sugestões Mudltimédia no Semanário Ecclesia.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail