O Escândalo do Natal

Crónicas 17 dezembro 2019  •  Tempo de Leitura: 2 min

"Não nos esqueçamos do escândalo do Natal!"

 

Esta frase que li num texto da internet alertou-me para esta realidade tão esquecida desta nossa festa. De facto, aquilo que Deus fez é, simplesmente, escandaloso! Nunca se imaginou que Aquele que é infinito e eterno pensasse em tornar-se homem como nós. E tudo por amor e não porque o merecêssemos. 

 

São Luís Maria Grignion de Montfort, no seu "O Amor da Sabedoria Eterna", explica muito bem este Deus que se abaixa até ao nosso nível de criatura, melhor ainda, um ser criado a partir da argila.

 

Um Deus que decidiu fazer-se presente num corpo, palpável para o ser humano. Muitas vezes esquecemos de acreditar com o corpo. Pensamos que a nossa fé apenas limita-se às palavras, ao professar pela oralidade. Confundimos a fé com a filosofia e passamos a vida com conversas vazias… O Natal deve dizer-nos que Deus é corpo, é presença, não está longe, é vizinho, no meio de nós!

 

Sabemos sentir Deus com o corpo? Ainda nos emocionamos quando sentimos a Sua presença? Dois mil anos depois, ainda nos amedronta a ideia que Deus seja forte na debilidade… Não grita, não levanta o tom da voz para se fazer ouvir… 

 

Comovemo-nos perante o presépio, mas compreendemos muito pouco da profundidade deste evento que, na sua essência, nada tem a ver com a atmosfera que nós vivemos nesta época. O Mistério da Incarnação não tem nada de poético… É escândalo!  Se olharmos para a cruz, as nossas expectativas saem logo frustradas. A nossa lógica, a lógica mundana, falha imediatamente…

 

Fazendo-se um de nós, Deus caminha connosco e chega a qualquer tipo de baixeza e de degradação humana a fim de nos elevar à dignidade divina. A partir do momento em que o Verbo torna-se carne no seio de Maria, nenhuma pessoa pode duvidar que é amada, procurada e encontrada pelo seu Criador e Pai.

 

Jesus Menino, quer apenas revelar-nos o amor desinteressado do Pai!

 

Através do corpo… Através da humanidade…

Licenciado em Teologia. Professor de EMRC. Adora fazer Voluntariado.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail