Solenidade de Cristo Rei do Universo: «Hoje estarás comigo no Paraíso»

Crónicas 23 novembro 2019  •  Tempo de Leitura: 4 min

Ânsia… estado de sufoco que provoca mal-estar!
Ansioso… aquele que sufoca e fica com o peito apertado!
Ansiar… resultado de quem está a sufocar e não consegue controlar a ânsia!
O que nos dá a libertação desta opressão?
A coragem de nos livrarmos de qualquer ânsia que nos faz ansiar o fim de algo,
para que o nosso coração não fique ansioso!
A certeza de que o Paraíso será nosso… dá-nos essa liberdade plena!
e… o Paraíso vem de Deus e só do Pai recebemos o Perdão e a Misericórdia que nos inunda de Paz e de Amor!

 

Apenas aqueles que vivem acima da média normal têm o tal Paraíso, nesta terra:
uma viagem até um local paradísico… uma casa que parece um palácio… um carro digno de um rei…
Ser Rei!!! Eis o sonho de todos os Seres humanos, o meu e o teu… temos de admitir!
«O rei David concluiu com eles uma aliança diante do Senhor e eles ungiram David como rei de Israel.»
Mas, há sempre algo que o Rei, para ser Bom Rei, tem que dar… a tal aliança! O propósito de aceitar Ser Missão:
«Damos graças a Deus Pai, que nos fez dignos de tomar parte na herança dos santos, na luz divina.»
Esta herança de SER Filho do Deus Vivo, de Ser Luz, de Ser REI e de cantar efusivamente:
«Alegrei-me quando me disseram: “Vamos para a casa do Senhor”.»
E… quando aceitarmos que esta vida é O caminho que nos leva ao convívio com o Pai,
ao cumprimento do Seu Plano que nos dará a felicidade plena…
então, sentiremos o nosso Baptismo como um Paraíso sem fim, onde somo Profetas, Sacerdotes e Reis!

 

Hoje, terminamos o ano litúrgico com ânsia no coração!
Do Alto da Cruz vem o gesto mais belo e poderoso que um Rei dá ao Seu Amado Povo.
Ao mesmo Povo que o insulta, que faz Dele um Ser desprezível e digno de troça:
«Se és o Rei dos judeus, salva-Te a Ti mesmo».
Esta ansiedade de querermos ver o Pai, é O Cristo Rei do Universo quem semeia em nós.
Não é uma sensação que nos abandona nas trevas, nem nas dúvidas da morte…
«…o Messias de Deus, o Eleito» aceita a Sua Condição de Rei do Serviço até ao final, até às últimas consequências!
É o Bom Rei que celebra a Aliança do Amor comigo e contigo,
que somos Baptizados e herdeiros deste Reino de Paz e Justiça.

 

A Missão que temos neste mundo é de um verdadeiro Rei:
Oferecer o Paraíso a todos os que partilham o dia-a-dia connosco.
Jesus, o Cristo, O Rei do Universo criado pelo Pai, é o único modelo que devemos ansiar na nossa Vida,
para Sermos Luz, Paz, Justiça, Amor.
Esta condição humana e divina que nos habita tem de ser muito mais do que palavras escritas,
muito mais do que sílabas disparadas pela boca de quem quer anunciar o Evangelho…
Somos Baptizados, somos Cristãos, somos Corpo da Igreja onde Jesus é a Cabeça…
Somos Uma Missão!

 

Já te colocaste no alto de uma cruz?
O que te levaria a fazê-lo?
Um grande e imenso Amor!…
Por Amor tomamos atitudes impensáveis…
bem ao jeito de Deus, nosso Pai, que torna o impossível possível…
Que anseies sempre viver para, e pelo Amor Divino,
e que o Teu Paraíso seja uma troca gratuita de gestos livres,
em função da felicidade de quem mais sofre!

 

Arrisca… És Rei… O que te impedirá?

Liliana Dinis

Cronista Litúrgica

Liliana Dinis. Gosta de escrever, de partilhar ideias, de discutir metas e lançar desafios! Sem música sente-se incompleta e a sua fonte inspiradora é uma frase da Santa Madre Teresa de Calcutá: “Sou apenas um lápis na mão de Deus!”
Viver ao jeito do Messias é o maior desafio que gosta de lançar e não quer esquecer as Palavras de S. Paulo em 1 Cor 9 16-18:
«Porque, se eu anuncio o Evangelho, não é para mim motivo de glória, é antes uma obrigação que me foi imposta: ai de mim, se eu não evangelizar. (…) Qual é, portanto, a minha recompensa? É que, pregando o Evangelho, eu faço-o gratuitamente, sem me fazer valer dos direitos que o seu anúncio me confere.»

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail