A missão somos nós

Crónicas 04 março 2019  •  Tempo de Leitura: 2 min

Estar em missão é saber que não caminhas por ti que em cada passo que dás há muitas pessoas a caminhar contigo e sem as quais não conseguirias ser ou estar. “A missão faz-se com os pés dos que vão, com os joelhos dos que oram e com as mãos dos que contribuem”assim a missão não sou eu, a missão somos nós. A missão é feita de todos os que em silêncio caminham comigo. A missão é plural e nunca singular.

 

Assim quando te sentes desmoronar sabes que tens alguém a te lado ou a oceanos de distância que confia em ti, te ama e te dá o melhor abraço do mundo. É muitas vezes cobrar-me por não ser igual aos outros e no momento seguinte permitir-me evoluir, ser eu, aceitar-me e criar o meu espaço tão necessário e diferente de todos os outros e assim seguir o meu caminho. É saber reconhecer em cada momento que a grandeza da missão não está naquilo que fazemos, nem em quem somos mas n’Aquele que nos envia.

 

Estar em missão é sentir que existe uma rede de amor e de bem-feita de pessoas que são os meus abraços, os meus beijos na testa e asseguram o que agora não sou e não faço. É sentir que estou no lugar certo à hora certa. É sentir que não poderia ser noutro sítio ou com outras pessoas mesmo nos momentos mais difíceis. É amar incondicionalmente primeiro a mim e depois o outro sabendo reconhecer que só podemos dar o que temos. É sobre chegar e saber-me alegre e estupidamente feliz sem motivo para isso. É saber-me sortuda por todos aqueles que cruzam o meu caminho. É ver pessoas a surpreender-me positivamente quando eu achava que isso não era mais possível. É ouvir "hermanita linda y preciosa" e saber que aqui e agora é o meu lugar e não em nenhum outro sítio. É sobre amar, só amar, num amor que não tem fim a todos quantos te rodeiam. É ser duro e violento. É sobre aprender a ser-me paraíso e arca de no é. É sobre amar-me e amar o mundo de volta e agradecer-lhe a vida que foi e é em mim.

Paula Ascenção

Cronista

Leiga Missionária Comboniana por vocação. Gerontóloga de profissão. Nasci do amor e fiz d’Ele o meu caminho e missão. O meu lema de vida é “Ama e farás o que quiseres”. Peregrina de mim, viajante da vida, do mundo e das pessoas. Levo o coração como bússola e o amor de Deus como mapa no bolso de trás.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail