À escuta...

Crónicas 10 novembro 2018  •  Tempo de Leitura: 1 min

Estamos prontos, já, para falar?

Será que o coração está sintonizado,

Apaziguado, silenciado até, para Te ouvir?

 

Agora, que as folhas do livro se viram,

E se fecham ciclos.

Que espero novas décadas, novas idades, novas estações,

Fala-me de Ti.

Fala-me de mim em Ti.

Fala-me do que ainda queres que escrevamos juntos.

Que missões, mundos, vidas, há a visitar?...

 

É assim que tudo recomeça, não é?

Deixar secar as lágrimas,

Esgotar as perguntas,

Esvaziar as mágoas.

Olhar à nossa volta e agradecer.

O que veio, o que não veio.

O que há, o que já não há-de vir ou se perdeu.

E entregar tudo...

De novo abrir os olhos e ver.

Deixar entrar, bem fundo, o ar fresco.

E perceber que há tanto, sempre, à nossa espera.

Que há mesmo histórias a precisar de nós para serem escritas.

Que há abraços prometidos a quem ainda nos espera, sem nos conhecer.

Que em algum lugar (ou em tantos) estás também Tu à nossa espera, para cumprires a Tua promessa

De fazeres brotar, em nós, a vida sem fim...

 

Aqui me tens, então, à escuta...

Catarina Gregório Martins

Cronista Mariologia

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail