Desafios da fé: As pedras no caminho

Crónicas 16 abril 2018  •  Tempo de Leitura: 1 min

A natureza, que tanto remete os nossos pensamentos para Deus, está muito presente no dia a dia. Basta olhar à nossa volta. E a natureza está lá. Assim como Deus.

 

Ao olhar a paisagem muito intensa, tão verde lembro-me Dele e de como muitas vezes nos oferece pedras duras, mas valiosas. Pedras que compõem o nosso caminho e nos tornam mais ricos.

 

Quando há uma pedra há também um amparo. Nunca estamos sós.  

 

No topo da montanha, ao sentir a brisa na  pele e o cheiro a mar sinto que tudo vale a pena. Este caminho é realmente o mais acertado e todos os sacrifícios tem uma razão de ser. Cada momento mais em baixo, cada hora de solidão, cada lágrima que vem inesperadamente quando já não há como esconder.

 

Tudo vale a pena para chegar mais forte a um mar aberto e sentir aquela imensa paz.

 

Seguimos em frente. O mais importante é continuar a navegar. 

Madalena Júdice Correia

Cronista "enviada" à Tailandia

A hotelaria é a sua paixão profissional e trabalha para a Ritz-Carlton. Muito curiosa. Acredita que podemos ser pessoas um bocadinho melhores todos os dias, se estivermos dispertos para isso. Tem muita vontade de viver ao máximo a vida que Deus lhe oferecer. A melhor forma de estar é ao ar livre e em boa companhia. Um amigo uma vez disse que ela tinha uma certa loucura saúdavel.

Subscrever Newsletter

Receba os artigos no seu e-mail